FI193 - Teoria Quântica de Sistemas de Muitos Corpos (2o. semestre de 2017)

AVISOS: Não haverá aulas nos dias 06 e 08 de novembro.

 

Prof. Eduardo Miranda
Sala 236 - DFMC - IFGW (Tel.: 3521-5486)
E-mail: use essa página
Horário das aulas: Segundas e quartas-feiras, na sala IF-15 das 10 às 12h

 

  1. Listas de exercícios
  2. Estrutura de aulas
  3. Tópicos para a monografia
  4. Notas

 

Ementa (estimada) do curso:

  1. Alguns modelos comuns
  2. Teoria de perturbação
  3. Aplicações clássicas
  4. Resposta linear
  5. Supercondutividade

Avaliação: A avaliação será feita através de listas de exercícios (50% da nota final) e uma monografia (50% da nota final). O tema da monografia deverá ser escolhido dessa lista. Cada aluno deverá escolher o tema da monografia final que lhe parecer mais interessante/proveitoso. Um tema ligado à sua área de pesquisa pode ser mais fácil, mas não é necessariamente o mais proveitoso. O aluno também poderá fazer sugestão de tópicos, mas eu preciso analisar a escolha para determinar se ela é pertinente para o propósito da atividade. A escolha deve ser comunicada a mim com antecedência para que não haja repetições. Aconselho que a escolha seja feita o mais cedo possível, para que a preparação possa ser feita com tranqüilidade e para que outra pessoa não escolha o tema de sua preferência antes de você.

Bibliografia: Não será adotado nenhum livro em particular. Entretanto, darei uma bibliografia para cada item abordado, segundo as minhas preferências pessoais, e outros livros que possam ser adequados. Alguns livros clássicos sobre a matéria são (os comentários são de caráter pessoal e não refletem necessariamente um consenso geral):

  • Many-particle physics, G. D. Mahan (Plenum Press, 1990) - Bastante completo, rigor intermediário, muitas aplicações, ênfase maior nos significados físicos e menor no formalismo. Apesar dos defeitos, é a minha preferência pessoal para um livro abrangente.
  • Quantum theory of many-particle systems, A. L. Fetter e J. D. Walecka (McGraw-Hill, 1971) - Bastante rigoroso, mas muito formal e denso. Leva um longo tempo para desenvolver o formalismo e as aplicações, apesar de importantes e clássicas, são mais restritas. Apesar disso, é uma boa segunda referência.
  • Introduction to Many-Body Physics, P. Coleman (Cambridge University Press, 2015) - Livro recente de um especialista da área. Tem uma abordagem leve e cobre vários tópicos mais modernos. É também uma boa referência para os exercícios.
  • Methods of quantum field theory in statistical physics, A. A. Abrikosov, L. P. Gor'kov e I. E. Dzyaloshinski (''AGD'') (Dover, 1963) - Muito bom, rigoroso, denso e completo. Não aconselhado como primeira leitura por ser um pouco árido demais. Excelente como segunda referência.
  • Quantum many-particle systems, J. W. Negele e H. Orland (Addison-Wesley, 1988) - Apesar de muito formal e menos físico, tem a vantagem de ter uma abordagem mais moderna. Em particular, usa métodos de integrais de trajetória para todo o desenvolvimento formal.
  • Statistical Physics - Part 2, L. D. Landau e E. M. Lifshitz (Pergamon Press, 1958) - Parecido com o AGD mas mais acessível. Denso e excelente como segunda referência.
  • Condensed matter field theory, Alexander Altland and Ben Simons (2nd. Edition, Cambridge, 2010)
  • Many-Body Quantum Theory in Condensed Matter Physics - An Introduction, H. Bruus and K. Flensberg (Oxford University Press, 2004)
  • The quantum mechanics of many-body systems, D. J. Thouless (Academic Press, 1972)
  • Basic notions of condensed matter physics, P. W. Anderson (Benjamin/Cummings, 1984) - Um clássico sem par por aquele que é talvez o mais importante físico de matéria condensada do século passado. Toda a sua idiossincrática visão pessoal do assunto está aqui em sua forma mais cristalizada. Apesar do título, é muito avançado e de difícil leitura, aconselhado portanto apenas para os mais ousados. É um livro para ser lido e relido várias vezes. Os reprints no final do livro são clássicos da área. Para quem sobrevive, é fantástico.
  • A guide to Feynman diagrams in the many-body problem, R. D. Mattuck (McGraw-Hill, 1967) - Divertido, com desenhos engracados.
  • The theory of quantum liquids, D. Pines e P. Nozières (Addison-Wesley, 1966) Referência clássica para a teoria dos líqüidos de Fermi.
  • Theory of interacting Fermi systemsP. Nozières (W. A. Benjamin, 1964) - Também bastante focalizado em líqüidos de Fermi, mas tem também os líquidos superfluidos. É uma boa referência, apesar de bastante avançada, para as técnicas de teoria de perturbações.
  • Field theories of condensed matter systems, E. Fradkin (Addison-Wesley, 1991) - Meio formal e pouco físico, mas bastante moderno discutindo assuntos de interesse mais recente.
  • Quantum physics in one dimension, T. Giamarchi (Clarendon Press, 2004), Bosonization and strongly correlated systems, A. O. Gogolin, A. A. Nersesyan e A. M. Tsvelik (Cambridge, 1998) e Quantum field theory in condensed matter physics, A. M. Tsvelik (Cambridge, 1995) Livros mais recentes, bem avançados, com ênfase em sistemas unidimensionais: bosonização, teoria conforme de campos, Ansatz de Bethe.
  • Quantum phase transitions, S. Sachdev (Cambridge, 1999) Excelente livro recente para o tópico do título.
  • Quantum liquids: Bose condensation and Cooper pairing in condensed-matter systems, A. J. Leggett (Oxford Univ. Press, 2007)
  • Interacting electrons and quantum magnetism, A. Auerbach (Springer, 1994.)
  • Principles of condensed matter physics, P. M. Chaikin, T. C. Lubensky (Cambridge Univ. Press, 1995)
  • Nonequilibrium many-body theory of quantum systems, Gianluca Stefanucci, Robert van Leeuwen (Cambridge, 2013)

 

Este site não é uma publicação oficial do IFGW, acesse www.ifi.unicamp.br para a versão institucional.
A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor.