O Grupo

Formado em 1975 no Instituto de Física Gleb Wataghin da Unicamp para pesquisar as comunicações por fibra óptica, era financiado inicialmente pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), pelo CPqD-TELEBRAS (CPqD), pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PADCT) e a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). Entre 1996 e 2001, fez parte do Núcleo de Excelência em Fotônica em Telecomunicações, NexFot, financiado pelo programa PRONEX, do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

As atividades dos membros do Grupo de Fenômenos Ultrarrápidos e Comunicações Ópticas estão intimamente ligadas às pesquisas e à coordenação de três grandes projetos: o Centro de Pesquisas em Óptica e Fotônica (CePOF), o Projeto Kyatera (KyaTera) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Fotônica para Comunicações Ópticas (Fotonicom). O Grupo realiza estudos sobre as comunicações ópticas – fibras ópticas, dispositivos ópticos e investiga fenômenos ultrarrápidos (dispositivos que funcionam em tempos de quatrilionésimos de segundo, ou “femtossegundos”).

Este site não é uma publicação oficial do IFGW, acesse www.ifi.unicamp.br para a versão institucional.
A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor.