Pesquisa

2013 - Atual
Universal2013: Laboratório de Instrumentação para testes e qualificação de detectores de partículas
 
Descrição: CNPQ Universal faixa C:Propõe-se o estabelecimento de infraestrutura para implementar um laboratório de instrumentação para o desenvolvimento e aplicação de testes de caracterização e qualificação de sensores semicondutores e eletrônica associada. Este laboratório será utilizado para testar e qualificar sensores de radiação que estão sendo desenvolvidos para aplicação na área de Física de Altas Energias, Física Nuclear, Física Aplicada e também para a Física Médica. Além dos testes diretos dos sensores, o sistema proposto irá permitir a análise de materiais através do método de fluorescência. Este projeto conta com o apoio do IFGW, que irá apresentar contrapartida de infraestrutura, apoio de corpo técnico, e equipamentos secundários como módulos de eletrônica. A demanda específica e direta para este projeto reside no teste de sensores em desenvolvimento para experimentos do LHC, mas outras demandas associadas a outros grupos de pesquisa do IFGW já foram identificadas na área de Física Aplicada e de Materiais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2012 - Atual
Física Experimental Hadrônica no RHIC e LHC
 
Descrição: Projeto de Pesquisa Regular da FAPESP, com vigência de 2012 a 2014, para apoiar atividades do grupo HADREX e consolidar infraestrutura de computação do grupo junto ao Dep. de Raios Cósmicos e Cronologia do IFGW..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador.

2008 - 2011
Coordenador do programa PROCAD de cooperação entre UNICAMP, USP, CBPF e UFRJ
 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador / Fernando Catalani - Integrante / Bernardo Mattos Tavares - Integrante.
Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

2008 - 2010
Universal2008: Apoio à pesquisa em física nuclear de altas energias na UNICAMP
 
Descrição: Proposta submetida ao edital universal 014/2008 do CNPQ, Faixa A, para o desenvolvimento de pesquisa científica na área de física nuclear da altas energias. Este projeto visa apoiar a pesquisa desenvolvida pelo grupo de física hadrônica experimental do Instituto de Física Gleb Wataghin da Universidade Estadual de Campinas com o objetivo de apoiar a formação de um centro de processamento e análise de dados. Este grupo participa de dois experimentos de fronteira na área de física nuclear de altas energias, o experimento STAR do acelerador RHIC nos Estados Unidos e o experimento ALICE do acelerador LHC no laboratório CERN na Suíssa. A participação em colaborações internacionais como a do experimento STAR e do ALICE, exige que a parte experimental da tomada de dados seja realizada em laboratórios internacionais e a parte de análise de dados seja efetuada nas instituições participantes. Portanto, é fundamental que exista em Campinas uma infra-estrutura para efetuar a análise de dados, com uma rede de servidores de processamento e discos de armazenamento. Aqui na UNICAMP, o grupo e as atividades de pesquisa nesta área de conhecimento são recentes na instituição, mas está aumentando. Atualmente existe um pequeno cluster de computadores que é utilizado para o desenvolvimento e teste de códigos de processamento e análise de dados pelos pesquisadores e alunos no grupo. No entanto, não é possível efetuar o processamento de dados em uma escala maior, de produção. Mais ainda, a capacidade atual deste cluster já se encontra no limite. Este projeto visa então formar um centro de processamento que irá ampliar esta capacidade, tanto no número de CPUs como também na capacidade de armazenamento de dados. O aumento da capacidade de processamento também é uma necessidade para a instituição iniciar a entrada na rede mundial de computadores GRID. Com isto, espera-se também desenvolver aqui na UNICAMP o conhecimento e a transferência na tecnologia GRID. .
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

2007 - Atual
Experimento ALICE
 
Descrição: Participação no experimento ALICE do LHC. O experimento ALICE do LHC é dedicado ao estudo do comportamento da matéria em condições extremas de energia e densidade, para compreender as características do diagrama de fases da matéria nuclear. O ALICE possui um conjunto complexo de detectores de última geração projetados para ser capaz de medir e identificar as milhares de partículas que serão geradas nas colisões do LHC. A UNICAMP é membro oficial da colaboração ALICE desde 2007..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador / Mauro Rogerio Cosentino - Integrante / Barbara Smilgys - Integrante / David D. Chinellato - Integrante / Dash, A. - Integrante.
Número de orientações: 1

2006 - 2010
Membro do projeto Tematico FAPESP: Reações Nucleares nos Regimes Relativistico e Astrofisico
 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (0) / Doutorado: (3) .

Integrantes: Jun Takahashi - Integrante / Alejandro Szanto de Toledo - Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

2001 - 2005
Estudo de fusão de nucleos leves pouco ligados
 
Descrição: Na faixa de energia próximas ao valor da barreira Coulombiana, a fusão nuclear é um dos principais processos de reação, uma vez que a seção de choque de fusão praticamente exaure a seção de choque de reação. Mais ainda, nos processos estelares (nucleossíntese), a fusão é o principal mecanismo responsável pela formação dos elementos que compõe o cosmos. No entanto, em estudos recentes realizados por nosso grupo de pesquisa obteve-se resultados para os sistemas 6,7Li + 9Be,12C onde foi constatada uma forte inibição do processo de fusão em função da energia de ligação e do tamanho do sistema em energias próximas à barreira Coulombiana. O estudo de núcleos fracamente ligados é de grande interesse atual, principalmente na área de física nuclear de núcleos exóticos e astrofísica. Devido ao fato de que os processos estelares se processam essencialmente fora da linha de estabilidade (processo R, processo S, processo RP ...) estes núcleos são fracamente ligados e portanto a taxa de produção pode ser influenciada pelo processo de "Break-up". Neste projeto estudamos de forma sistemática os efeitos da geometria e da energia de ligação nos processos de fusão, para avaliar dinâmica de competição entre os diferentes mecanismos de reação. Medimos reações de 6,7Li com alvos de 9Be, 12 C e 59Co, onde processos de fusão, espalhamento elástico e inelástico e mesmo o break-up foram identificados por diferentes métodos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador.

Número de produções C, T & A: 8

2001 - 2005
Biofisica molecular utilizando feixes de partículas
 
Descrição: Na área de física nuclear, as técnicas experimentais e a instrumentação desenvolvida para estudar reações nucleares são hoje utilizados nas mais variadas áreas.Mais recentemente, aceleradores de partículas, originalmente desenvolvidos com o fim específico de estudar reações nucleares estão sendo adaptados para análise de materiais através de técnicas de varredura de amostras e espectrometria de massa.No campo da biologia molecular, a física nuclear pode ser aplicada em diversas áreas de interesse, desde o estudo de danos de radiação ao material biológico, como a indução de mutações, como o estudo de estruturas moleculares através de técnicas nucleares. Talvez por questões históricas, ou pelo simples fato de acessibilidade das máquinas de raio X a pesquisadores da área biomédica, os estudos nestas áreas têm sido desenvolvidos em sua maioria com raios X e gama. A utilização de aceleradores, com feixes de partículas mais pesadas, certamente vem ampliar a capacidade de obtenção de informações relativas tanto nos aspectos físicos, como nos biológicos. Somando-se a isto, a utilização de técnicas experimentais da física nuclear pode trazer novas formas de análise dos diversos problemas já existentes e possivelmente trazer novas soluções.este projeto, concentramos nossos estudos na área interdisciplinar de aplicação das técnicas de física nuclear relacionados à biologia molecular, mais especificamente nos processos de danos e reparos ao DNA e a produção de proteínas. A possibilidade de utilização de feixes de íons mais pesados como o carbono e o oxigênio certamente amplia a capacidade de obtenção de informações interessantes, já que estes elementos apresentam uma densidade de ionização bem maior do que, por exemplo raios X e gama, que são geralmente utilizados para este fim. Neste projeto estudamos a sensibilidade das cécluas a danos de radiação utilizando diferentes feixes em diferentes energias, incluindo efeitos imedidatos e de longo prazo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Jun Takahashi - Integrante / Nelson Carlin - Coordenador / Eloisa Madeira Szanto - Integrante.

Número de produções C, T & A: 2

2001 - 2005
Instrumentação para física nuclear
 
Descrição: Os experimentos de física nuclear de baixa energia muitas vezes exigem detectores dedicados e especializados para uma dada medida. Assim se faz necessário desenvolver diferentes detectores de partículas para cada tipo de experimento. No Pelletron, desenvolvi o sistema de detecção de tempo de vôo, que permite a identificação da massa das partículas utilizando um detector de trigger e um detector barrieria de superfície. O sistema foi testado e utilizado em experimentos do acelerador PELLETRON..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador / Fernando Moraes - Integrante.

Número de produções C, T & A: 1

1998 - 2002
Experimento E896
 
Descrição: O experimento E896 do acelerador AGS do laboratório de Brookhaven National LAboratory (BNL), era uma experimento de íons pesados relativísticos, projetado para procurar a existência de uma partícula rara, o H0, nunca antes observado. De acordo com previsões do modelo padrão, o H0 seria uma partícula estável, composto por seis quarks formando um singleto de cor. Este experimento era composto por aproximadamente 50 colaboradores de mais de 8 instituições diferentes. Dentro desta experiência, fui o responsável pela construção do Silicon Drift Detector Array (SDDA) que correspondia ao detetor de reconstrução de trajetórias posicionado dentro de uma campo magnético de 6 Tesla. O SDDA foi o primeiro detector de trajetórias construído com a tecnologia de Silicon Drift Detector, que comprovou a eficácia deste tipo de detector na aplicação de reconstrução de trajetórias. Também dentro deste experimento, fui responsável pela análise da produção de núcleos leves como o Dêuteron e o trítio, em reações de núcleos pesados em energias relativísticas. Esta análise tem grande importância na compreenção dos processos de coalescência entre nucleons em colisões de núcleos pesados. Também contribuí com a análise da produção de partículas estranhas, em partícular do bárion Lambda, que corresponde a única medida desta partícula na região de rapidez central nas energias do AGS. .
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissionalizante: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador / Rene Bellwied - Integrante / H. J. Crawford - Integrante.
Financiador(es): Department Of Energy - Outra.
Número de produções C, T & A: 5

1998 - Atual
Experimento STAR
 
Descrição: O experimento STAR é formado por mais de 500 colaboradores de 58 instituições de 12 países diferentes e tem como objetivo estudar colisões de núcleos pesados em energias relativísticas para determinar as condições da matéria nuclear em condições extremas de temperatura e pressão. O STAR é composto por um conjunto de detectores de última geraçao capazes de medir simultaneamente as milhares de partículas que são produzidas em cada colisão de núcleos pesados do tipo Ouro em Ouro. Através da observação e correlação dos vários parâmetros experimentais espera-se determinar as características da matéria formada e comprovar a existência do novo estado da matéria conhecido como o Quark-Gluon Plasma. A grande quantidade e a diversidade das partículas produzidas e medidas em uma única colisão do RHIC faz com que a física do STAR tenha um programa científico bastante amplo e abrangente, que engloba tópicos desde as interações fundamentais entre quarks e glúons até processos entre nucleons como a coalescência de prótons e um nêutrons formando núcleos mais pesados como o deutério e o hélio..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .

Integrantes: Jun Takahashi - Coordenador / STAR Collaboration - Integrante / Geraldo Magela Severino Vasconcelos - Integrante / Rafael Derradi de Souza - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Department of Energy - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 5