↑ Retornar para PIBID

RELATÓRIO PIBID 2015

APRESENTAÇÃO GERAL

Estamos apresentando a versão completa de alguns dos trabalhos realizados no ano de 2015, na Escola Estadual Anibal de Freitas.

Nossa busca foi aproximar tanto os futuros professores como os atuais alunos da escola de fundamentos de Física, bem como de estudos sobre Física Moderna. Ocorreram atividades no turno - associadas à auliar e participar das aulas curriculares de Física - e no contraturno, onde os trabalhos foram divididos em duas frentes: apresentação de aulas para os alunos participantes do PIBID, bem como , buscando utilizar a Física Médica como elemento de atração e de aproximação.

PRODUÇÃO BIBLIOGRÁFICA ASSOCIADA AO PROJETO

  • Capítulo de livro (a ser publicado) escrito pela Profa. Laura Freitas e pelo Prof. Maurício Kleinke sobre  A_FISICA_MODERNA_NA_ESCOLA, onde relatamos atividades experimentiais associadas à Física Moderna, comentando as possibilidades e a reação dos alunos à essas atividades conceituais-experimentais que envolvem a transposição didática da Físca Quântica.

EVENTOS DE FORMAÇÃO GERAL 

  • Os bolsistas do PIBID participaram do Seminário Sobre Pós Graduação Profissional, formação de professores promovido pelo PENSES/Unicamp. Uma matéria jornalística sobre o seminário pode ser acessada aqui.
  • Alguns bolsitas participaram de um evento geral que envolvia também alunos do PIBID.

DEPOIMENTOS

  • Foi solicitado que, o bolsista que assim o desejasse, poderia comentar da importância do PIBID em sua formação, sem que fosse uma atividade obrigatória. Veja alguns dos depoimentos aqui.

ATIVIDADE 1 - Discussão sobre dúvidas e questões propostas pelos alunos

ATIVIDADE 2- Participação em Aulas e Elaboração de Planos de Aula e Sequências Didáticas

Estas atividades foram realizadas tanto em situações de uma sala de aula normal, no turno da escola (período da manhã), onde os bolsistas atuavam junto à supervisora, com a totalidade dos alunos da classe;  quanto no contraturno, onde os bolsistas pibidianos atuavam em grupos menores de alunos participantes do PIBID, com um número que variava entre 3 e 12 alunos por bolsista, em função da série escolar que estava sendo trabalhada.

Veja aqui algumas dessas propostas.

 

ATIVIDADE 3 - Preparação da Olimpíada Brasileira de Astronomia

  • Volume do Sol e da Terra - Como entender a observação a olho nú e as distâncias em nosso sistema solar? Essa foi uma atividade suportada por um material de apoio (acessar aqui)  associado à Olimpíada Brasileira de Astronomia, que sugeria como deveria se processar essa atividade. 
  • Apresentação de um seminário por parte do astrônomo Prof. Mestre Denis Peixoto, sobre Big Bang, surgimento das galáxias e formação de nosso sistema solar. Foram algumas poucas atividades com ênfase em astronomia, porém acreditamos que essas atividades colaboraram para as medalhas recebidas pelos alunos do Colégio Estadual Aníbal de Freitas.

ATIVIDADE 4- Cores, Luz e Ótica

Sequência didática sobre luz e cores, com um viés interdisciplinar, ao associar alguns quadros de pintores brasileiros, com as relações físicas da luz e com um olhar biológico sobre o funcionamento do olho, além de conceitos de ótica.

 

Além dessas atividades, os alunos participaram de duas visitas a exposições sobre cor e luz, as quais estão associadas ao fato de que estamos no ano internacional da luz.

  • A exposição COR DA LUZ: O CÓDIGO DAS CORES tem como objetivo que o visi tante entenda que a COR é na verdade um código do nosso sistema de visão. Nossos olhos detectam luz e mandam sinais para o nosso cérebro que os interpreta ”vendo” CORES. A exposição ajudará a entender como isso funciona e a responder perguntas como: Qual a relação entre luz e cor? Porque algumas cores como rosa e bege não aparecem no arco-íris? O que faz os objetos terem cores? A exposição também vai apresentar os processos de geração de cor, como o funcionamento dos moni tores, impressoras, câmaras fotográficas e a fabricação de tintas. Efeitos como o arco íris, o azul do céu e o pôr do sol vermelho, serão demonstrados e explicados com aparatos interativos.
  • VEJA A LUZ COMO VOCÊ NUNCA VIU - Essa é uma exposição de cinco meses de duração, inaugurada em 17 de setembro de 2015, comemorativa do Ano Internacional da Luz, proclamado pela UNESCO.
    Coordenada pelo Prof. José J. Lunazzi, do IFGW, baseia-se na experiência adquirida e experimentos realizados nos quase cinquenta anos de sua carreira. Com dezenas de experimentos didáticos, acompanhe-a pela página do Facebook "Experimente a Física".  Terá um módulo inicial de óptica geométrica, outro de óptica ondulatória, e outro específico para aplicações como holografia, comunicações ópticas e iluminação. Mostrar experiências com sombras, espelhos, vasilhames com água, câmeras fotográficas, celulares, fotografia e vídeo tridimensional, difração e interferência da luz com elementos comuns como bolhas de sabão, borboletas, CDs, lâminas de vidro, etc., laserzinhos e hologramas.

 

ATIVIDADE 5 - Física Médica

Buscando novas formas para contextualizar a Física Moderna e Contemporânea, utilizamos o material espanhol sobre radiação e proteção radiológica para o ensino secundário como base para nossas discussões,  tendo como objetivo contextualizar o ensino de Física em uma temática que é de muito interesse dos alunos, tendo em vista a ampla divulgação da mídia sobre as técnicas físicas de medidas de sistemas biológicos.

veja aqui algumas das atividades em detalhes