↑ Retornar para Óptica Aplicações

Fotossíntese

Fotossíntese, como as plantas absorvem a luz  ?            Espectro de absorção para folha de Eucalyptus urograndis.  Para saber mais sobre o estudo da fotossíntese no Instituto de Física Gleb Wataghin,Paulo Barja - IFGW.Para que a fotossíntese ocorra, é necessária a absorção de luz. Nas plantas, as membranas dotilacóide possuem uma série de moléculas que absorvem fortemente fótons na região visível doespectro eletromagnético. Estas moléculas são os pigmentos (clorofilas e carotenóides), queformam o chamado "sistema de antenas". A energia solar coletada por este sistema étransmitida aos centros de reação fotossintética, onde ocorrem as transferências primárias deelétrons. A distância entre os pigmentos e sua orientação relativa seguem um arranjo geométricofixo que otimiza a transferência de energia no sistema captador de luz e a transferência deelétrons nos centros de reação.Os pigmentos mais importantes para a fotossíntese são as clorofilas,  grandes moléculas cujo íoncentral é o Mg+2. As clorofilas são os principais absorvedores da radiação solar. A clorofila a,encontrada em todos os vegetais, possui picos de absorção nas regiões de 430 nm e 670 nm.Atua como antena (captando luz solar) ou componente dos centros de reação onde ocorrem asreações fotossintéticas. Em transferências de elétrons, pode atuar como aceitadora (na regiãodo Magnésio central) ou doadora (na região dos grupos carbonil). A clorofila b, encontrada emvegetais superiores e algas, tem picos de absorção em 480 nm e 640 nm e funcionabasicamente como antena.Os carotenóides (pigmentos utilizados nos protetores solares) servem como captadores deenergia na região espectral em que as clorofilas absorvem pouco. Apresentam picos deabsorção entre 400 nm e 500 nm, podendo transferir a energia absorvida para as clorofilas,e destas para os centros de reação fotossintética. Carotenóides como o a-caroteno eb-caroteno também atuam na proteção (via quenching) contra danos por incidência excessivade luz.Como vemos na figura a seguir (que mostra o espectro de absorção para uma folha deeucalipto), a existência de um sistema coletor de luz constituído por diversos pigmentosabsorvedores permite que ocorra absorção de luz em toda a região visível do espectroeletromagnético. A energia luminosa é captada por pigmentos que a transferemsucessivamente para outros pigmentos, até que a energia absorvida encontre o destinatáriofinal: um centro de reação fotossintética. Esse sistema coletor de luz maximiza a eficiência da captação evitando danos ao organismo vegetal.