↑ Retornar para Pesquisa

CL-STM

Catodoluminescência em um Microscópio de Varredura de Tunelamento

 

A microscopia de varredura de tunelamento é uma técnica de microscopia baseada no efeito túnel. Nessa técnica uma ponta atomicamente afiada é aproximada de uma amostra sólida e pela aplicação de uma diferença de potencial entre a amostra e a ponta é gerada uma corrente de tunelamento entre ambas. Movendo-se a ponta sobre a superfície da amostra e mantendo a corrente de tunelamento constante é possível determinar a topografia da amostra com resolução atômica.

STM1

 

O movimento da ponta é realizado variando-se a tensão aplicada em cristais piezoelétricos que são montados, por exemplo, na base da amostra, como mostra a figura. 4 cristais fazem os movimentos laterais (plano XY da amostra) e um quinto cristal piezoelétrico faz o movimento vertical. Nessa ilustração a ponta permanece fixa e a amostra é movimentada.

 

 

 

STM2As imagens podem ser obtidas variando-se a altura da amostra (lembrado que a ponta é fixa) para manter a distância entre o ápice da ponta e a superfície da amostra constante. Assim, o movimento da amostra poderá ser utilizado para reconstruir a topografia da superfície. Dependendo das condições, é possível se obter até imagens de resolução atômica.

 

 

 

 

Além disso, ajustando a tensão entre a ponta e a amostra, é possível injetar portadores de carga e gerar luminescência local. Ao se recuperar a luz emitida, é possível estudar o espectro de luminescência local de amostras complexas.

 

STM-L

Na figura ao lado uma lente é aproximada da região entre a ponta e a amostra. Essa lente pode coletar a luz emitida pela amostra e, através de uma ótica de transferência, injetar a luz em um espectrômetro. Assim é possível mapear a emissão de luz pela amostra com resolução nanométrica. Ao mesmo tempo, é possível coletar espectros com resolução espectral melhor que 1 nm no visível.

 

 

 

Essa área de pesquisa será desenvolvida em Instituto de Física da Unicamp. Recentemente, um projeto foi aprovado para o desenvolvimento dessas atividades. Mais informações serão disponibilizadas em breve. Veja mais informações sobre o projeto no site da FAPESP seguindo este link.

 

 

Este site não é uma publicação oficial do IFGW, acesse www.ifi.unicamp.br para a versão institucional.
A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor.