↑ Retornar para Biografias

Thomas Young

           Visão penetrante (1773 - 1829) Poucas áreas de estudo estavam intactas para  mente criativa de Thomas Young.                     Quando  ele não estava ocupado com a sua prática médica  ou escrevendo um de seus incontáveis artigos  para Enciclopédia             Britannica, ele estava abrindo caminho a investigação da visão  colorida, inventando o tanque de ondulação, definindo modulo          de elasticidade para materiais, ou decodificando a pedra de  Rosetta  (ele conseguiu a primeira tradução significante dos               hieroglíficos egípcios).

      O maior trabalho de Thomas Young  como físico foi  a explicação da luz como um fenômeno ondulatório.  Mesmo Isaac Newton estando ha muito tempo morto,  a comunidade científica demorou muito  para abandonar a sua  teoria de "corpúsculos."
      Com as experiências de Young de análise de interferência,  difração, e polarização, ele deduziu um novo pricipio  que derrubou a teoria de Newton criando assim  uma nova visão  da  óptica.
 Referência:  Thomas  Young, o filósofo da Natureza
U. Wood e F. Oldham, Cambridge, 1954,

Este site não é uma publicação oficial do IFGW, acesse www.ifi.unicamp.br para a versão institucional.
A responsabilidade por seu conteúdo é exclusivamente do autor.